O machismo não me incomoda, mas…

machismovale

Calma. Essa não é uma resposta para a Fernanda Torres. Sobre a polêmica da semana: a atriz escreveu um texto cheio de absurdos sobre o feminismo. Meninas espertas responderam. Fernanda entendeu e pediu desculpas. Assunto encerrado. Acabou!

Só que uma frase, usada pela Fernada, não me sai da cabeça “não me incomoda o machismo.” 

O problema não é a Fernanda ter escrito isso. O que me pega é que eu  já ouvi o mesmo de amigas muito queridas, muito próximas e muito inteligentes. E eu me pergunto: como é possível viver no Brasil e não se incomodar com o machismo? Como é possível viver no mundo e não se incomodar com o machismo? Como?

Assim:

O machismo não me incomoda, mas eu tenho que malhar e parar de comer doce porque estou virando uma baranga e se eu embarangar estou fora do mercado.

O machismo não me incomoda, mas quando eu era adolescente tomei remédio para emagrecer porque queria ser magra como as meninas da Capricho.

O machismo não me incomoda, mas como eu sou uma mulher moderna e liberal, tem um monte de cara casado que me procura querendo sexo. Às vezes eu dou, mas aí eles nunca ligam de volta, mal querem saber de mim e eu me sinto um lixo.

O machismo não me incomoda, mas essas mulheres são todas umas vacas que só querem competir comigo. Ao contrário dos homens, eu não consigo ter amiga mulher.

O machismo não me incomoda, mas quando o meu marido sai para beber com os camaradas sou eu que fico com as crianças e no dia seguinte ele não me ajuda porque está de ressaca.

O machismo não me incomoda, mas quando eu tinha 13 anos um homem de 40 passou a mão na minha bunda na rua e me chamou de “gostosinha”.

O machismo não me incomoda, mas, claro, eu não vou ser louca de sair de mini saia de noite porque posso ser atacada.

O machismo não me incomoda, mas eu prefiro pegar Uber a taxi porque uma vez um taxista me cantou, eu estava sozinha dentro do taxi e achei que ele podia me levar de carro para algum lugar e me estuprar.

O machismo não me incomoda, mas eu tenho que ir todo mês no médico tomar uma injeção de botox porque senão eu vou virar uma velha acabada.

O machismo não me incomoda, mas o meu marido está cheio de ruga, com cabelo branco e barriga de cerveja e todo mundo acha que ele é um gato. E ele nem precisa de botox.

O machismo não me incomoda, mas se eu me separar e no dia em que os meus filhos estão com o pai, se eu sair e ficar bêbada, vão falar que eu sou uma péssima mãe.

O machismo não me incomoda, mas se eu quiser arrumar um marido tem que ser rápido, porque senão eu vou estar velha e ninguém vai me querer.

O machismo não me incomoda, mas quando eu estou solteira fica todo mundo me cobrando que eu preciso arrumar um namorado e casar, mas ninguém faz isso com os meus amigos homens, porque, claro, esles estão aproveitando a vida.

O machismo não me incomoda, mas eu que não vou usar biquini nesse verão com essa barriga.

Não, o machismo não te incomoda. Mas a lista dos seus incómodos segue. E ela é infinita.

Anúncios

Um comentário

  1. Olá! Eu tenho um canal no youtube e adorei seu texto. Gostaria de gravar um video lendo esse texto. Vc autoriza??

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s