Machistas e fascistas não passarão

machistas sexistas não passarãoAs coisas andam horriveis, Horriveis. Mas um grito vindo das ruas do Brasil tem me animado e me feito sobreviver de alguma forma. Diria que ele tem mudado a minha vida. Ele é: “machistas, fascistas não passarão.” Esse é o nosso grito de Guerra. E queria dizer, que para mim ele não é só politico. Ele é para a vida.

Machistas e fascistas não passarão porque nossa tolerância acabou. Não passarão no dia-a-dia. Não aceitaremos ser agredidas. Esse grito me enche de força.

A cada problema da rotina, ele aparece dentro da minha cabeça. Virei uma maluca que ouço essa voz. Outro dia tive um problema muito sério com um homem agressivo (não, não é meu namorado). Eu pensei em baixar a cabeça. Mas ai ouvi a voz: “machistas, fascistas, não passarão.”

Se algum ciclista de Berlim quase me atropela e grita comigo, penso internamente: “machistas, fascistas, não passarão.” Ando na rua com esse mantra. Acordo com esse mantra, converso com esse mantra.”

A gente pode estar perdendo muitas coisas por enquanto. E essa dor é horrivel. Mas no meio do horror todo, a gente pelo menos aprendeu que não aceitaremos.

Não aceitaremos agressividade gratuita.

Não aceitaremos a arrogância que tenta nos calar (de novo, falo da rotina mesmo, das coisas do dia-a-dia).

Não aceitaremos que levantem a voz sem levantar também.

Não aceitaremos os haters que nos chamam de feia e baranga que precisa de pau na internet (isso acontece o tempo todo).

Não aceitaremos falta de respeito.

Aprendemos a dizer não e isso é ótimo!

É muito bom poder gritar isso. E quanto mais a gente grita, mesmo que, no meu caso, dentro da minha imaginação, mais forte a gente fica.

Machistas, fascistas, não passarão!

Machistas, fascistas, não passarão!

Machistas, fascistas, não passarãoI (repete).machistas sexistas não passarão

Um comentário

  1. Nina, eu também tô nessa! Chega de ouvir ofensas travestidas de cantadas, comentários que discordo, posturas que questiono e ficar calada. Eu vou rebater, discutir e reagir SIM! Esse ‘deboísmo’ que só cobrado do meu lado enquanto mulher, feminista e de esquerda para mim, acabou.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s