Beijinho no ombro para quem tem medo das invejosas de plantão!

what-happens-woman-phone-question-online-support-business-concept-pop-art-retro-style-58767135

Um dia minha analista me perguntou: “você tem medo de que as pessoas tenham inveja de você?” Reagi com a mesma surpresa e choque de quando ela me perguntou na primeira consulta se eu já tinha pensado em me matar: “nãooooooo!”. Isso porque nunca pude conceber que alguém quisessse ser eu. Gente, quem iria querer essa roubada? Me invejar? Mas como? Ser eu é tão dificil! Por que alguém seria masoquista e louco a esse ponto?

Talvez seja diferença de geração. Mas cada vez vejo mais gente preocupada com inveja. “Não vou postar essa foto para não atrair inveja.” “Sabe como é, não consigo ter amiga mulher porque elas têm inveja.”

Desculpem. Mas se você não consegue ter amiga mulher é porque você tem problemas para se relacionar. Não porque as pessoas têm inveja. Por que teriam? O que você tem de tão especial? Por que iriam querer o que é seu?

Psicanalista de internet que sou, acho que a paranóia da inveja anda de mão dada com o narcisismo do snapchat e do instagram. Você se exibe, você edita a sua vida, e depois, bem, depois você culpa “o olho gordo” dos outros por seus fracassos.

Pode parar! Se você acha que alguem iria ter inveja de uma foto, talvez você tenha postado exatamente para isso: para tentar causar inveja. Afinal, a sua vida é incrível, você tem #ôsorte e #gratidão.

Alguma coisa está errada quando você mistura gratidão e inveja na mesma linha de pensamento. Sério.

Não sinto inveja. Apenas não tenho paciência para: gente que não conta coisas para “não babar” (se eu sou seu amigo, acredite, eu quero seu bem!), gente que vê inveja em todos os cantos onde ela não existe e culpa o mundo e os outros.

Nenhuma paciência para gente que se acha. Te amo, Valesca Popozuda, mas pelo amor de deus, vamos parar de nos preocupar com as invejosas de plantão! Você acha mesmo que elas existem? Eu juro que acho que não! Beijinho no ombro para quem tem medo das invejosas de plantão! E como diria o Criolo: “se cresce não, mano!”.

Anúncios

2 comentários

  1. hahahahaha também não creio nisso não. Acho uma bobagem sem tamanho a tal da inveja, e essa mania de exagerar a proporção real dela. Concordo com vc: isso é coisa de gente narcísica, que se acha demais. E que, por essa razão, acredita que outros a invejam. Tolice pura.

    Curtir

  2. Oi Nina, isso é um assunto e tanto. No meu caso, acho que inveja é um problema para quem sente, é muito recalque você perder tempo e neurônios sobre a vida do próximo. Entretanto assumo que sou uma pessoa bastante reservada com os meus planos, se calhar porque tenho muitos hehehe. Comigo o que se passa é que já me basta eu própria me cobrar resultados, imagina dividir o processo com outras pessoas? Não tenho problemas em dividir quando a coisa acaba ( exemplo: tentei um empréstimo e não deu certo, chumbei no exame de condução, ou consegui passar no curso de whatever), mas o antes é um momento muito meu… não sei se expliquei o meu ponto de vista. Sobre as mulheres, só tenho amigas, sinceramente, não tenho amigos. O que eu passo com elas, eu amo as minhas amigas incondicionalmente, acima de qualquer erro meu ou delas , acima de qualquer sucesso também, e luto muito contra essa ideia de que as mulheres se odeiam!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s