Carta aberta ao Chico Buarque, “o datado” (sic)

 

chico-buarque-novo.jpegQuerido Chico Buarque

Só de escrever o seu nome já fico nervosa. Afinal, quem sou eu? Quem é você? Nem me responda, não quero saber!

Mas bem, essa não é a primeira vez que te escrevo. Há um longo tempo, fiz uma matéria  para a revista Tpm onde tentava te entrevistar. Te mandei uma carta com flores e você me agradeceu. Será que você lembra? Na mesma revista, criamos o troféu Chico Buarque do ano. Isso porque a gente (e falo em nome de quem trabalhava comigo na época): te ama.

Hoje te escrevo, Chico, porque acordei e um texto onde dizem que você é meio datado, e que não fala mais para a mulher de hoje tinha viralizado. Você não deve saber o que é viralizar. Mas é assim; é quando muita gente espalha um texto na internet e fala muito disso. Entendeu?

Dizem que na sua nova música você diz que largaria uma mulher para ficar com outra. Algo assim. Chico, não fica bravo, mas eu não ouvi a música. Também nem gostei tanto assim dos seus últimos discos. Mas o que importa? Isso não me faz te amar menos não!

E Chico, esse ano e ano passado eu te amei mais do que nunca ao te ver defendendo a primeira presidenta mulher eleita do Brasil. Chico, até no senado você foi! Até playboy gritando com você na rua você teve que aguentar! E ainda cantou para os estudantes! Isso é datar? Não!!!

Ah, mas o problema é a música. Então, Chico, vamos lá. Você acha que eu alguma vez me indentifiquei com a moça de “Feijoada Completa”? Eu não! Na música, o narrador dá ordens; “mulher, você vai fritar um montão de torresmos para acompanhar!”. Chico, não sou mulher de fritar torrresmo pra homem. E, além de tudo, sou vegetariana. Mas eu duvido que a Marieta, sua mulher na época, seja esse tipo de mulher! Eu sei, eu entendo, era uma história, não precisa me explicar!

E sim, Chico, as coisas mudam. Mas o meu amor por você é o mesmo de desde quando eu tinha 4 anos.

Eu sei que você está rindo quando te chamam de datado igual riu naquele video onde comenta os comentários do youtube: “seu veeeeelho”. Queria agradecer por aquele video, que me ajuda muito quando tomo bulling na rede. Eu penso; “bem, se até o Chico Buarque…”

E falando nisso, Chico. Já estou preparada. Vão falar que eu também sou datada por não falar que você deve se desconstruir e escrever essa cartinha. Vão falar que eu sou uma velha que perdeu o bonde da história e que ainda acredita em ídolos (sim, claro que acredito). Mas, tudo bem, não vou ligar. Se falarem que eu datei, pelo menos vai ser ao seu lado, o que será uma honra.

Beijos da fã

Nina

PS! Update!

Chico, falaram que era meio absurdo eu escrever sobre a música sem a ter ouvido, o que é um pouco verdade (apesar de eu saber o que esperar de vocês, são 40 anos ouvindo). O que eu achei? Sei que não te importa, mas eu achei fofa a música. Não é a minha predileta não. Mas é amorosa. É uma cantiga fofa.E machista? Ah, chico, esqueceram suas outras músicas? Machista é Com Açucar e com Afeto, que eu amo, acho que é uma paródia total. Mais beijos!

 

Anúncios

4 comentários

  1. ADELAIDE FERREIRA NISHIMURA

    Assim como “Injuriado” não era um desabafo romântico e sim uma resposta a uma crítica do ex presidente FHC, as vezes o significado não é tão obvio. Vi um comentário que interpretava “Essa Cantiga” pelo lado politico e não romântico, uma conversa com a democracia, tentem um nova audição com esse conceito e percebam que também faz sentido. Até hoje lembro de uma crítica de um colunista da Veja dizendo que Chico foi pretensioso no subtítulo de sua música “Você, você Uma Canção Edipiana”, coitado não entendeu nada da letra, achou que era uma canção de amor e na verdade foi feita a partir do ponto de vista de um bebê com toda sua dependência da mãe nos primeiros meses de vida, mas também isso não é definitivo, o que importa é o significado para cada um, condizente com sua vivência, leituras etc.

    Curtir

  2. Armando Roda

    Prezada Nina, no começo você pergunta “Quem soy eu” , com certeza alguém que se arvóra de comentar músicas que não ouviu. Concordo que a letra de Tua Cantiga não é uma obra de “Chico” mas a música é lunda e eu vejo a canção de alguém apaixonado. O chico tem crédito para isso. Agora no disco anterior teve “Sinhá” em parceria com João Bosco, que além de música e letras lindas, trata o assunto com a visão mais moderna e real do assunto. Chico será sempre Chico e você a Nina.

    Curtir

  3. João

    Título:
    Chico tem voz de taquara rachada.

    Compare o Chico-Taquara-BuarQ-Rachada com o DEEP PURPLE dos anos 1970 também… Não tem nem como, né?

    Bom…m e quanto à «esquerda», do texto acima, vejamos:

    “Moro prendeu João-o-Milionário-Santana, marqueteiro de dilma, a cafonona de BH, que de burralda, pela publicidade se transformou em Coração ValentA© em 2014 e, assim, ganhou a eleição”.
    [e também o amor por FHC pelo PT]:

    Petista A DO RA narrativas petistas, apenas. Tem uma paixão enrustida por PSDB e papo-furado do petismo. Um amor imenso por FHC. Tudo que se fala — qualquer assunto — e loguinho lembram do antigão FHC. Ou do PSDB. rsrsrs. Só pode ser amor:

    Conhecem duas palavras: PT & FHC. A partir desse tema, criam qualquer texto, — mesmo que enorme!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s