Qualquer mulher pode praticar o pompoarismo?

Uma pergunta que muitos se fazem desde que a ginástica íntima começou a ser curada, é: será que todas as mulheres podem praticar o pompoarismo?

No geral, todas as mulheres podem adquirir um kit pompoarismo e praticar os exercícios, afinal de contas, são muitos os benefícios que essa prática pode proporcionar à saúde, além de melhorar a vida sexual.

No entanto, por alguns exercícios precisarem do uso de acessórios e por se tratar de um treino da musculatura pélvica, é preciso saber exatamente quem pode e quem não pode praticá-los. 

Portanto, confira a seguir quais são as contra indicações com relação ao pompoarismo. 

Quando não praticar o pompoarismo?

Como foi dito anteriormente, no geral, todas as mulheres podem praticar o pompoarismo. No entanto, existem alguns pontos que precisam ser observados e levados em consideração para que a prática seja cem por cento positiva e não cause complicações. Veja:

Mulheres virgens precisam ter atenção

As mulheres virgens podem, sim, praticar o pompoarismo a fim de fortalecerem a musculatura pélvica, prevenir doenças, trabalhar na melhora das cólicas menstruais etc. No entanto, sem o uso de acessórios intravaginais.

Porém, é uma escolha de cada uma querer ou não fazer o uso de tais acessórios, pois eles podem fazer com que o hímen seja rompido. 

Grávidas nos três primeiros meses de gestação 

Sempre ouvimos falar do quão incrível é o pompoarismo na gravidez e do quanto a mulher pode se beneficiar desses exercícios, porque de fato é verdade. 

A mulher que pratica a ginástica íntima toma maior consciência de toda a sua região pélvica, o que contribui para que o momento do parto normal seja muito mais rápido e tranquilo.

No entanto, mulheres que estão nos primeiros três meses de gravidez podem acabar sofrendo contrações uterinas, o que é super perigoso para o feto. Além disso, se houver alguma complicação desconhecida, pode acabar ocorrendo um aborto por conta dos exercícios. 

No geral, mulheres gestantes costumam ser liberadas para realizar o pompoarismo após a décima terceira semana de gestação, porém, o mais indicado neste caso, é buscar a opinião de um médico e jamais fazer os exercícios sem antes saber como anda a gestação, pois se houver alguma complicação desconhecida, pode acabar ocorrendo por conta dos exercícios. 

Mulheres com infecções vaginais

Por último, o pompoarismo junto a um acompanhamento médico pode ser uma arma poderosíssima e super indicada contra infecções vaginais, principalmente para mulheres que passam por isso frequentemente. 

No entanto, enquanto a infecção estiver acontecendo, é necessário que a mulher suspenda seus exercícios ou os adie.

E isso ocorre pois a ginástica íntima ativa a circulação sanguínea e leva oxigênio para a região pélvica, então, se existe alguma infecção acontecendo na região, os exercícios podem acabar proliferando essas bactérias e fungos presentes na infecção, piorando ou atrasando a recuperação. 

Além disso, o uso dos acessórios também deve ser suspenso para evitar uma reinfecção. O mais correto nessa situação é que os exercícios comecem quando o médico der o aval de que está tudo bem.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.